SÃO PAULO - SP

São Paulo- SP
São Paulo -SP
São Paulo - SP
SãoPaulo, SãoPaulo, SãoPaulo - SP
São Paulo- SP
São Paulo -SP
São Paulo - SP
Sangue Amor e Poder
Cidade, santidade urbana
intensidade humana
dispersão -concentração
de tudo que se anula reforçando a afirmação de vida-ebulição
Vida -ebulição.
São Paulo / SP - Sangue, Amor, Poder
São Paulo / SP - Sussurro Pornô
Sucesso Pesado- Suave Pressão
São Paulo / SP - Sampa o que?
Sampartida, Samputada, Samporrada, Sampilhada
Sampartida, Samputada, Samporrada, Sampilhada
Sampartida, Samputada, Samporrada, Sampilhada
Sampartida, Sampa o que?
Chama pra si toda a responsa de ser
a maior cidade desse país...
Mega-cidade da América do Sul
Parente urbana de um clube de cidades gigantescas
Priminhas entre si totalmente poluídas
com excessiva humanidade.
E tome Nova Delhi, Calcutá com Nova Iorque,
Lagos, Londres, Moscou de Hong Kong,
Tóquio, México-Xangai
Tóquio, México-Xangai
No umbigo tropical
do atlas nacional
um santo desgarrado industrial
explode-implode
tudo que é clichê
no país do carnaval.
São Paulo- SP
São Paulo -SP
São Paulo - SP
SãoPaulo, SãoPaulo, SãoPaulo - SP
São Paulo- SP
São Paulo -SP
São Paulo - SP
Sangue Amor e Poder
No eterno cinema da visão paulista
tá tudo engarrafado como cão engabelado
pela chinfra da inocência fulminante do olhar que vê São Paulo
com a força da palavra MUITO
com a força da palavra TUDO
com a força da palavra URBANO
com a força da palavra HUMANO
Na contramão da violência
um amador cinegrafista tão singelo
só registra o que é paz,
o que é carinho,
o que é sincero,
o que é pacato,
o que é oásis
na cidade sitiada pela força negativa social.
Passando pelo Minhocão
atravessando o brega-runner de edifícios paredão...
E a criança tá olhando o Tietê.
E a velhinha tá cantando na Paulista.
E o velhinho tá chorando no Anhangabaú.
E o mendigo tá dançando na Consolação.
No umbigo tropical
do atlas nacional
um santo desgarrado industrial
explode-implode
tudo que é clichê
no país do carnaval.
São Paulo- SP...
A tua periferia aperta o cinto da respiração social
São Paulo tem pra todo mundo mas não tem pra ninguém
Toda Noite
Todo Dia
Toda Noite
Algum Namoro
Algum Trabalho
Alguma Festa
Desafia esse colapso feroz em SP mandando ver
Colapso feroz em SP mandando ver
Misturação de qualquer tribo
Misturada no Prazer de Outra Gangue
Misturada no Prazer de Outra Turma
Misturada no Prazer de Todo Gueto
Migração misturação em SP
Sangue, Amor e Poder
No umbigo tropical
do atlas nacional
um santo desgarrado industrial
explode-implode
tudo que é clichê
no país do carnaval.