Quando se descobre que o Mágico de Oz não tem tantos poderes...

Tenho tantas coisas pra dizer que nem sei por onde começar...

Bom, até sei... pra começar de verdade eu queria dizer que o projeto “imigração para o Canadá” está suspenso por tempo indeterminado...
Vamos por partes... Tudo começou pq eu voltei a fazer análise... não conversei nenhuma vez sobre esse assunto com o meu analista, mas os outros assuntos que conversei me levaram a refletir...
Antes de mais nada queria dizer que sou defensora fervorosa da qualidade de vida... que, se eu fosse casada e planejasse ter filhos, ou tivesse filhos pequenos, com certeza viria morar no Canadá... mas, como sempre digo... sou solteira, dona do meu nariz, não preciso cuidar de ninguém... então...

Pensei muito, muito mesmo... eu fiquei longos 9 anos para me formar... por motivos diversos como, no começo, imaturidade e curtição da vida social academia, depois por ter trabalhado 5 anos, depois por ter mudado de curso... de qq forma, a verdade é que minha vida tem sido procrastinada por esses 9 anos... agora está na hora de viver..

E ai vc para e pensa... ué, mas o que essa loka tá falando, então agora é a hora dela mudar de país, ter uma vida legal e talz... pera um pouco..

Vamos aos cenários... no Brasil eu seria uma recém formada em engenharia de produção que fala fluentemente espanhol, inglês, francês (acho que vai ficar fluente depois dessa viagem) e um pouco de alemão... tenho ótimos conhecimentos de informática e 5 anos de experiência na área técnica da industria automotiva...

No Canadá eu terei tb o diferencial das línguas mas, pra reconhecer meu diploma irá demorar, no mínimo uns 2 anos... nesse meio tempo, a pessoa que poderia ter um puta emprego no Brasil terá que ter um emprego mais ou menos pra “se manter”...

Ai eu fico pensando, na hora em que eu to pronta pra colher os frutos de 9 anos eu vou embora??? Me ferrar mais 2 anos, pra ser reconhecida???

Nesses últimos 9 anos, na verdade nos últimos 5 anos, durante o tempo que trabalhei, minha vida era trabalhar de segunda a sexta, faculdade todas as noites, curso de língua no sábado e dormir no domingo... ou seja, onde foi parar “a minha vida”??

Por mais que eu arranje um trabalho que me consuma no Brasil, ou que trabalhe muito (tipo horas extras) ou que viaje muito, tem dois fatores... o primeiro é eu gostar do que estou fazendo e o 2º é saber que eu estarei construindo uma carreira...

Eu lembro quando fiz uma entrevista que o cara me perguntou “mas pq vc quer trabalhar aqui?” e eu disse, pq não to procurando emprego, eu quero construir uma carreira aqui...

E é bem isso, eu tenho que aproveitar esse momento privilegiado, onde eu estou cheia de conhecimento, cheia de vontade, que não tenho reais responsabilidades (como filhos, contas pra pagar) e me dedicar a essa carreira...

Vc pode dizer, ah... mas vc sofre 2 anos no Canadá mas depois será recompensado... é uma possibilidade, não uma certeza... pq veja bem... quem tem filhos, se tiver um trabalho mais ou menos mas acordar e ver que os filhos terão mais oportunidades, que eles viverão em uma sociedade diferente já será recompensado... se eu acabar nessa situação o que terei? Um monte de conta pra pagar, ganhando menos do que eu ganhava no Brasil e fazendo algo aquém das minhas capacidades...

Eu estou amando Montreal mas não sei se o suficiente para trocar o certo pelo duvidoso... eu sei que posso ser linchada em praça publica mas se eu tivesse a possibilidade de morar me Londres, eu não pensaria duas vezes.... pq só de estar lá, pelo simples fato de estar lá eu já seria a pessoa mais feliz do mundo... Por mais que Montreal tenha me encantado eu não consigo ver essa magia que eu sinto em Londres... da mesma forma que amei NY, moraria lá facilmente se fosse transferida pela empresa e tal, mas não amei tanto a ponto de deixar tudo e ter que morar na pqp, pegar o metro quente todos os dias só pra dizer que moro lá...

Não sei se vcs entendem o que eu quero dizer... mas é o lugar que faz seu coração parar de bater um por um segundo... acho que é a mesma sensação de quando vc esta no ápice da paixão por alguém... vc pode sair com mil pessoas, namorar mil pessoas, mas são poucas, ou as vezes só uma que faz seu coração parar por um segundo... e, até agora, o único lugar que faz é Londres...

Mesmo pq, por mais que eu ache o Brasil uma porcaria eu AMO São Paulo, e também, a não ser que fosse por um trabalho legal em outro lugar, não deixaria minha cidade por nenhum outro lugar....

Acho que, nesse novo momento que terei na minha vida no ano que vem, eu posso ter o melhor dos dois lados, minha vida confortável no Brasil e, por exemplo, tirar férias na Europa ou no Canadá, EUA... ou conhecer outros países...

Antes de terminar, queria dizer que nunca se é tarde pra mudar de idéia, não existe problema em mudar o ponto de vista... as pessoas que me conhecem de verdade, meus amigos do trabalho, minha família, sabem o quanto eu queria mudar de pais... o quanto eu era a “senhorita Canadá” mas não tenho vergonha em mudar...

Somos seres em constante transformação e nossas idéias tb mudam... isso nos torna pessoas mais ricas, menos duras e mais flexíveis...


Bom, é isso.. novidades eu conto mais depois... quero dizer, sobre a viagem propriamente dita...

Beijos