Vendo a vida no Macro/Micro

Já pararam para pensar que o modo macro da câmera fotográfica deveria se chamar micro? Pela definição micro é pequeno e macro grande... acho que quando decidiram colocar essa função pensaram “estamos mostrando em tamanho grande uma coisa pequena”....
Sim sim, este é mais um post devaneio... pq? Pq as vezes eu acho que vejo a vida muito em um estado e derrepente mudo... é como se eu não conseguisse ver no modo “normal”... seja o macro “macro” ou micro.

As vezes me apego aos detalhes.... fico pensando em mil possibilidades, mil defeitos, qualidades de seja lá o que for.... já reparei que essa fase, geralmente está relacionada ao meu período pré-menstrual.... fico mais nervosa, irritada... irritada com os detalhes...
Depois que passa essa fase vem a macro (realmente grande de ser) que eu penso num ponto no infinito... no meu objetivo maior... e ai saio que nem um trator (geralmente quando eu entro no piloto automático estou nessa fase)....
O que é triste é que quando eu estou no micro eu perco muita coisa que está ao redor... pois é certo e errado, preto no branco.. sim e não....
Quando estou no macro... é tudo um borrão.... de cores... cheiros... tanta informação que eu não processo nenhuma.... elas entram, saem e fica por isso mesmo...

Mudando um pouco de assunto, mas para terminar mais um post sem pé nem cabeça... fica a frase que a prima da minha mãe me disse na ultima vez que esteve no Brasil “Não devemos deixar que elogios ou criticas mudem quem somos... as criticas pelos motivos óbvios, os elogios pois nos deixam com brilho nos olhos que, as vezes, não nos deixa ver nossos objetivos”

Sonho

Esqueci de contar que essa noite sonhei, pela 1a vez, desde que eu me lembre com as tatuagens que eu quero fazer.... sim sim... tatuagens? Para quem não sabe, tenho uma fadinha perto do osso da bacia do lado esquerdo (que não é qq fada.... um dos significados de Tatiana é da origem celta de Titania, que é a rainha das fadas).... mas.. essa noite.... tive um sonho revelador que me fez ter certeza que tenho que levar em frente meu sonho de fazer o dragão (lado esquerdo) e a fênix (lado direito nas costas)..... no final do ano que vem vou para Miami tatuar com o Chris Garver do Miami Ink e tenho dito!!! (por mais que eu ache o Ami um gato, sei que o Chris manda melhor)
Eu sei, muitos podem pensar que sou louca... que eu vou ficar uma velha tatuada mas, primeiro - são tatoos que ninguem vai ver (não vão me tirar uma vaga de trabalho, por exemplo) e em segundo - um dia eu conto pra vcs o segundo... quando chegar a hora...

Fênix
1o significado - (feng em chinês, suzako em japonês).Para o oriente é um faisão colorido. Simboliza a reencarnação e o renascimento. Diz-se que na Antiguidade visitava os palácios imperiais. Apenas a fêmea, pois o macho, que tem três patas, vive no sol. Há relatos de que nas regiões infernais existe uma alta torre com o nome de Torre da Fênix. Uma fênix vermelha preside o pólo sul.
2o significado - É um pássaro da mitologia grega que quando morria entrava em auto-combustão e passado algum tempo renascia das próprias cinzas. Teria penas brilhantes, douradas, e vermelho-arroxeadas, e seria do mesmo tamanho ou maior do que uma águia. Segundo alguns escritores gregos, a fénix vivia exatamente 500 anos (9 vezes a existência de um corvo). Outros acreditavam que seu ciclo de vida era de 97.200 anos. No final de cada ciclo de vida, a fénix queimava-se numa pira funerária. A fénix, após erguer-se das cinzas, levava os restos do seu pai ao altar do deus Sol na cidade egípcia de Heliópolis (Cidade do Sol). A vida longa da fénix e o seu dramático renascimento das próprias cinzas transformaram-na em símbolo da imortalidade e do renascimento espiritual.
Ela está por vezes ligada ao deus Hermes e é representada em muitos templos antigos. Há um paralelo da fénix com o Sol, que morre todos os dias no horizonte para renascer no dia seguinte, tornando-se o eterno símbolo da morte e do renascimento da natureza.
3o significado - Os egípcios a tinham por "Benu" e estava sempre relacionada a estrela "Sótis", ou estrela de cinco pontas, estrela flamejante, que é pintada ao seu lado.

Dragão
(long em chinês, ryu em japonês) - o dragão oriental é enormemente diferente do ocidental. Misto de vários animais místicos - olhos de tigre, corpo de serpente, patas de águia, chifres de veado, orelhas de boi, bigodes de carpa, juba... e por aí vai. Representa a energia do fogo, que destrói mas permite o nascimento do novo. Enfim, é a transformação. Simboliza a sabedoria e o Império. É representado de várias formas, a mais comum é o dragão de 4 patas, cada uma com 4 dedos para frente e 1 para trás, o dragão imperial, ou carregando uma pérola numa das patas - dragão das águas marinhas. A Imagem de um dragão azul preside o pólo oeste, o oriente.