Adeus

Eu odeio Lulu Santos mas achei que nao teria nada que pudesse se encaixar melhor a esse momento do que essa musica...

Nada do que foi sera de novo do jeito que ja foi um dia.

Tudo passa, tudo sempre passara.

A vida vem em ondas como um mar...

...Num indo e vindo infinito.

Tudo que se ve nao e igual ao que a gente viu a um segundo

Tudo muda o tempo todo no mundo.

Nao adianta fugir, nem mentir pra si mesmo

Agora, ha tanta vida la fora.

Aqui dentro sempre

Como uma onda do mar!...


Acho que deu pra perceber que eu nao postei ontem.... pq? Pq estou passando pela maior mudanca da minha vida... estou indo embora de casa e dessa vez e definitivo e pra valer.

Depois de 19 anos vivendo aqui, depois de 5 anos tentando com que as coisas fossem diferentes eu percebi que nao teria mais saida. Nao ha saida dessa casa a nao ser a morte ou o adeus... sim, pq ate hj ninguem aqui teve coragem de dizer adeus... apenas de morrer.... eu nao quero ter que morrer pra mudar alguma coisa... eu digo adeus...

A historia nao vem de hoje... vem de um casamento de bosta, entre duas pessoas que o fizeram pra fugir da vida... e foram se enfiando num buraco sem fim.... a questao e que esse casamento gerou duas outras pessoas, eu e meu irmao.... e eu que durante 16 anos vivi em algo que poderia ser tudo.... menos uma familia.... ate que um dos "geradores de caos" desistiu.... pq era mais do que ele poderia aguentar e desistiu de tudo, inclusive da vida.

Isso aqui virou uma loucura... eu nao tive sequer o direito de chorar a morte do meu pai pois ou eu era forte pra tentar sustentar emocionalmente essa familia ou tudo desabava.... ate minha analista cedi pra minha mae pois achei que seria o melhor pra todos.... e foi.. as coisas foram se estabilizando... e nessa epoca eu fui pra Inglaterra... uma viagem que desde os meus 13 anos vinha sendo implorada aos meus pais que eram egoistas demais ou por razoes monetarias ou por medos que nao conseguiam superar para me deixar viajar... Mas como antes do meu pai morrer eles ja tinham topado a viagem acabou se concretizando...

A Tatiana mudou muito... tive que aprender a ter mais responsabilidades e junto com isso eu vi que o mundo era bem maior, que as possibilidades eram infinitas e nao apenas se limitavam a minha casa, mais precisamente ao meu quarto.

Quando eu voltei achei que encontraria as coisas bem diferentes.... achei que como um passe de magica toda a estrutura familiar teria sido refeita e nao foi bem o que aconteceu... de la pra ca as brigas diminuiram, sim, nao posso dizer o contrario, mas cada vez mais elas sao geradas pela minha mae....

A grande questao e que eu nunca tive o apoio de ninguem... eu tinha meus pais presentes quando eles estavam disponiveis, quando eles saiam de seus mundos completamente insanos e olhavam pra crianca, depois pra adolescente e tentavam fingir que entendiam, pq nenhum dos dois nunca viveu de verdade... pq eles sempre foram se adaptando ao meio e nao adaptando o meio a eles... mas nao e hora de dizer quem tem culpa ou nao.... e hora de dizer que eu, desde que me lembro, queria ir embora de casa.... desde que eu me entendo por gente a unica coisa que eu sentia que me faria bem era estar longe, em qq lugar bem longe deles... e depois dela.... Nao que ela seja a geradora de todos os problemas, eu tenho minha parcela de culpa, tenho... que e igual a dela... pois se alguem briga com vc e pq vc permite.... tentei varias vezes conversar, limitar o espaco mas nao tem como... depois que ela descobriu nas suas secoes de analise que deveria ter feito mais por mim achou que deveria tentar resgatar coisas... ah sim.. sempre ha tempo de se resgatar amor e carinho... mas nao adianta querer resgatar moral.. isso e algo que se nao construido ou que se perdido nao tem volta... nao adianta a mae que nunca olhou uma vez se quer minha agenda pra ver se eu tinha licao de casa chegar pra marmanja de 19 anos, que esta na faculdade e mandar que eu estude... e piada.... Nao adianta a mae que nunca me mandou desligar o telefone pq ja era tarde, que nunca me mandou dormir cedo ou qq coisa do tipo querer agora... ela perdeu o bonde.... e ela nao consegue entender.... eu me criei, eu fui minha mae, meu pai, minha tia, minha familia... pq no final das contas TODAS as pessoas da minha familia estao mais preocupadas com seus problemas ou com o dinheiro.... o dinheiro nunca veio em nenhuma das minhas duas familias como algo bom e sim como algo penoso, motivo de discordia.

E dessa vez eu tentei mais uma vez fazer as coisas em outros termos... tentei conversar, tentei fazer com que ela percebesse mas mais uma vez nao adiantou... e eu percebi que essa era a minha ultima oportunidade de quebrar o ciclo vicioso familiar... que se eu fosse morar com ela estaria assinando um contrato de pelo menos mais 7 anos de loucura.. sim pq estou ficando louca morando com ela.... nao aguento alguem gritando comigo, esse drama de carpideira, essa coisa tao grega que ela tem da tragedia e da comedia... nao da mais... somos pessoas muito diferentes e eh inevitavel perceber que tb somos pessoas melhores quando nao estamos juntas em nosso dia a dia... tanto que quando ela foi pra Grecia eu sentia saudade dela... mas no mesmo dia de seu regresso ela ja consegui acabar com o meu tesao... pq assim eh a minha mae... em 5 segundos consegue destruir todo um trabalho sofrido do outro em relacao a ela....

E com a venda da casa eu tenho a chance, aos 19 anos de construir a minha vida... e foi o que eu disse pra ela ontem... morando com ela eu nao me vejo chegando aos 25... eu desisto antes... pq e insuportavel a convivencia.... pq ate os meus 19 anos eu nunca dei nenhum tipo de trabalho... sempre tentei ser a melhor filha do mundo.. como sempre tentei ser o melhor de tudo pra todos.. e esse e o meu defeito... tentar ser perfeita.... pq? Pq qq coisa, qq erro por mais humano que eu cometa eh considerado crime... eh considerado traicao (palavra que ela utilizou ontem)... ok... isso mostra que minha propria mae nao consegue enxergar um palmo a frente do nariz, que ela nao conhece a filha dela (quantas vezes ja nao reclamei disso aqui)... Eu nunca fui irresponsavel, sempre dei satisfacao de onde estava, com quem estava, que horas eu voltava, como me encontrar... sempre tive altos padroes eticos e morais que eu escolhi pra minha vida e sempre tentei ser o mais coerente com eles... dizendo sempre a verdade.... mas nada disso nunca foi suficiente pra ela.... na verdade ela nunca esta satisfeita com nada....

Entao e isso... acho que la pela 1a, 2a semana de janeiro estou mudando.... vou morar sozinha, fazer as coisas do meu jeito... se der certo otimo, merito meu.... se der errado a culpa e minha tb.....