Nossa meu... tava vendo fica comigo gay... gravei.. vou colocar no site mais tarde.......
Hoje faz dois anos que meu pai morreu...Não parece que faz tudo isso....
Lucent cria protótipo de transistor mil vezes menor que grão de areia


(IDG Now!) -- Cientistas do Bell Labs, da Lucent Technologies, criaram um transistor com dimensões equivalentes às de uma molécula, que utilizam material orgânico, ingressando na era dos eletrônicos de alta velocidade baseados no carbono.
Os cientistas responsáveis pela criação são Hendrik Schon, Zhenan Bao e Hong Meng.
A criação do minúsculo transistor -- um milhão de vezes menor que um grão de areia -, embora seja apenas um protótipo, sugere que um dia esses transistores possam ser utilizados em microprocessadores e chips de memória, permitindo a inclusão de milhares de vezes mais transistores em cada chip do que é possível atualmente. Isso possibilita, inclusive, a criação de computadores orgânicos.
Por uma questão de limites físicos, cientistas acreditam que dentro de uma década os circuitos de silício desaparecerão, já que em determinado momento será impossível continuar reduzindo suas dimensões. Assim, há algum tempo os especialistas procuram alternativas para esses circuitos.
Algumas das pesquisas focam o desenvolvimento de transistores com dimensões moleculares, nos quais uma molécula seria responsável por toda a ação de um transistor, amplificando e direcionando sinais elétricos.
O principal desafio da produção de transistores com dimensões tão reduzidas era a fabricação de eletrodos separados apenas por poucas moléculas e a introdução de corrente elétrica nos equipamentos.
Os pesquisadores do Bell Labs derrubaram essa barreira através da criação de uma técnica e design em que cada eletrodo é compartilhado por diversos transistores.